Menu Fechar

Home

A abertura que refere do Livro Genealógico do Puro Sangue Lusitano, é algo que exige um grande cuidado, que tem de ser muito bem ponderado, equacionado e analisado, pelos responsáveis e associados da Associação Portuguesa de Criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano (APSL). Não se deve desvirtuar o que actualmente denominamos de Puro Sangue Lusitano, mas nele “investir”! Paralelamente, com ele, deve coexistir, para certos objectivos e vontades, o Cavalo Português de Desporto, PSH (Portuguese Sport Horse), entre o qual, se encontra o “Luso WarmBlood”, denominação aprovada pela APCRS para os produtos, a partir de uma determinada percentagem de sangue Lusitano.

Dr. José Veiga Maltez

A APCRS CONGRATULA-SE COM O RECONHECIMENTO DA DGAV, TAMBÉM, COMO GESTORA DO LIVRO GENEALÓGICO “LUSO WARMBLOOD”

A APCRS há 5 anos iniciou um processo na DGAV, para o reconhecimento de uma Raça moderna de Equinos de vocação desportiva, que aliasse as características do Lusitano às do Warmblood, que correspondia já à seleção feita por alguns Criadores Portugueses, desde que contivesse um mínimo de 25% de sangue Lusitano com cruzamento de equinos inscritos num dos Livros Genealógicos da World Breeding Federation For Sport Horses, da qual a APCRS é o membro português mais antigo, para assegurar a homogeneidade e diferenciação, quer morfológicas, quer funcionais.

À época, num diálogo franco, saudável e de respeito com a APSL – Associação Portuguesa de Criadores do Puro-Sangue Lusitano, acordou-se entre ambas as Associações que a designação seria de Luso Sport, sendo do entendimento do então Diretor-geral de Alimentação e Veterinária, de não criar uma Raça, mas sim, uma divisão interna do Livro Genealógico do Cavalo Português de Desporto (Portuguese Sport Horse)!

Assim, continuando as Direções da APCRS, numa aposta de autonomizar a raça que pretendia e que vinha acolhendo no seu Livro Português de Desporto’ e no Livro do Cruzado Português que contam com muitos animais inscritos que correspondem ao perfil e critérios preconizados, logo que a DGAV, através da atual Sua Directoria-geral, mostrou abertura para a concretização do projeto, reiniciou a solicitação para homologação da nova Raça A APCRS, pela precedente Direção e pela atual recentemente eleita, admitiu que a designação de Luso Warmblood, que outros haviam sugerido, seria mais adequada que a de Luso Sport, indo assim de encontro à pretensão de alguns Criadores, muitos deles já Seus Associados, numa atitude de convergência e de adaptabilidade, em prol da nobre causa, que é a Criação Cavalar Nacional.


Associação Portuguesa de Criadores de Raças Selectas

Somos a Associação de Criadores de Cavalos,mais Antiga de Portugal.

Somos Gestores de 6 Stud Books, num Universo de cerca de 20.000 equinos:

  • Português de Desporto
  • Luso Warmblood
  • Cruzado Português
  • Puro Sangue Inglês
  • Anglo Lusitana
  • Pónei da Terceira

Somos a Associação de Criadores de Cavalos, mais Antiga de Portugal.

Somos os Gestores de 6 Stud Books, num Universo de cerca de 20.000 equinos:

Português de Desporto

Luso WarmBlood

Cruzado Português

Puro Sangue Inglês

Anglo Lusitana

Pónei Português

Pónei da Terceira